é urgente

Deixa eu viver isso um pouquinho, vai. É que eu cansei de me gabar e de andar com o troféu da liberdade embaixo dos braços.

Eu te garanto que aprendi tudo. Na teoria, eu entendi direitinho a diferença entre amor apego carência desejo e tudo mais aquilo que discutimos às terças-feiras no centro. Sei do caminho interno ainda a ser percorrido.

Mas, agora, eu só queria misturar tudo isso como se misturam os cheiros que já ficaram no meu lençol.

Eu tenho distribuído alguma poeira de amor por aí. Mas não é só isso.

Cheguei na beirinha do mar tantas vezes e o calor não passa. Quero entrar de vez, sem receio de levar um caldo. Cansei de dar as desculpas que inventei e outras que ouvi por aí e tenho reproduzido para não tirar o colete salva-vidas. Pra que boiar se lá no fundo é onde as coisas acontecem?

Tenho andado me perguntando se perdi aquela capacidade de ser intensa. De rasgar, de roer, de gritar. Dia desses precisei usar a dor dos outros para conseguir chorar. E ainda foi choro baixo, com sete segundos de lágrimas caindo pelo rosto.

A verdade é que eu sinto uma saudade danada de dizer eu te-amo-te-quiero-me-abraça para quem deita ao meu lado. Eu só queria não ter medo de sentir de novo aquele treco maluco. Estando pronta ou não, quero reaprender a me atirar, sem saber no que tem depois da esquina.  Não sei ainda o que é, mas tenho pistas de que pode ser gostoso. Por que eu ainda estou aqui, então?

Quero tirar o cinto de segurança, me meter na contramão e, com sorte, encontrar um poema de Ana Cristina Cesar que me acalme o coração no dia seguinte.

Quero ficar horas procurando uma música que descreva aquele momento exato que meu nariz encaixa na dobrinha do teu pescoço.

Quero ser um pouco louca, um tanto trouxa e criar alguma expectativa.

Quero te dar bom dia com com um boa noite sem vergonha enviado às quatro horas da manhã. Pensei em você, dorme bem.

E nem precisas responder. Ainda é sobre mim. Eu só quero voltar a sentir aquela urgência de sair dançando Modern Love me equilibrando no meio fio.

img_1684-1

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s