olha só, (ou: bilhete)

Queria te dizer que aquela planta que você me deu de presente continua viva. Ela até cresceu mais do que deveria e tem um aspecto de quem está desconfortável dentro do vaso. Também queria te dizer que sempre que coloco água nela, direto do filtro da cozinha, eu acabo pensando em você.

Penso se você está bem, se continua obcecado com o fio dental e se ainda espirra quando sai do banho muito quente. E não escondo, também penso se você ainda pensa em mim.

Mas não te preocupa. Não te tenho mais amor. Pelo menos não daquele jeito romântico.  Já nem lembro mais como é sentir, por ti,  algo que não beire o fraterno. Que não deixa de ser uma forma de amor, eu sei. Mas não é mais aquele mesmo amor que me fazia acordar minutos antes de você só pra poder te olhar em silêncio.

Digo isso e me vem um engasgo na garganta, como quando a gente comia achocolatado na colher direto do pote, sabe? Senti mais ou menos isso quando li Paulo Mendes Campos dizendo que o amor acaba num banco da praça. Na época, preferi não dar ouvidos. Amor não acaba nunca! Fica sempre lá, sempre aqui. Acreditei nisso por mais tempo do que foi possível, até hoje de manhã, quando peguei o papel pra te escrever este bilhete.

Pode parecer cruel, mas não é também um pouco bonito? Que um amor possa crescer, germinar feito aquela planta que tu me deste, florescer e, depois de tudo, ao invés de murchar em mágoas dentro do vaso, apenas se transformar em uma coisa de outra espécie, tipo um pássaro?

Eu gosto desta imagem: de um sentimento enraizado que, de repente, cria asas e sai voando.

Espero que você entenda. Te mando beijos,

Lara.

IMG_8063

ilustração de Elisa Talentino

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s