domingo

Alguns dias, tenho medo de enlouquecer. Às vezes chego a pensar que estou vendo as coisas se embaralharem na cabeça. Não vem a ser pela falta de sentido, pelo contrário. Costuma ser uma consciência exacerbada de como a vida vai acontecendo. Seu curso, seus caminhos e seus efeitos. Tudo claro e exposto. Lucidez, por vezes, cega.

Viver é muito perigoso. Ando repetindo. Não é morrer que assusta. Viver é onde o negócio pega.

Terminei de ler a reportagem que falava de alguém que nem conheço. Mas senti a sua dor de existir. Ser é uma coisa, por si só, grande demais. A história daquela pessoa me lembrou outra, que ouvi contarem em uma peça de teatro. Distantes nos fatos, mas próximas no sentir. Porque no fim das contas, sentir é tudo como um negócio só, não é não? A dor só muda de endereço.

“Mas as pessoas escolhem viver assim”. Como se viver fosse questão de escolha. A gente vive porque não tem mesmo outra opção. É a única saída. Só que no percurso a gente vai tomando gosto. Vai buscando explicações, vai criando significados e inventa a convicção de que é algo que precisa ser feito. Viver. Até o fim. Aí já não tem mais jeito e a gente chega mesmo a amar a viagem, as nuances, os percalços, as histórias – e conclui que é a opção mais segura.

Sigo pensando na morte. Ou é na vida que penso? Morrer é perceber que a vida é real. E real demais. A morte desvela o que todos os dias esquecemos. Ela nos aproxima da urgência de existir. Nos lembra que há tempo a ser preenchido com nós mesmos.

Penso tudo isso e me despeço de quem precisa ir. Sento e observo o domingo acontecendo pela minha janela. Os medos se esconderam. O ônibus passa e faz menos barulho do que o costume.  Faço planos de ajeitar minha bicicleta durante a semana. Abaixo o volume do som e tiro as roupas do varal em silêncio. Sinto o gosto do primeiro gole de café de uma manhã quase tarde.

Volto a ter devaneios e me alegro com uma página em branco.

Viver é muito perigoso. Que sorte poder contar com os domingos.

IMG_5134

foto do pinterest

One thought on “domingo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s