pronto, criei um blog!

Sim, isto é motivo de comemoração. Pois não sei vocês, mas assim como ”perder 3 quilos”, ”ler mais livros” e ”arrumar minhas gavetas”, ”criar um blog” também fazia parte das minhas listas de resolução de ano novo. E como todas as outras, eu procrastinei eternamente e coloquei a culpa no Netflix e na HBO.

Mas agora eu tenho um espacinho na web para chamar de meu e falar o que eu quiser, yay!

Aviso de antemão: este blog vai ter tendências egolômbricas. Afinal, ele não é sobre ”um” quarto qualquer. É sobre o meu quarto. Ou meus quartos. Meu quarto físico, que atualmente fica no bairro do Sumarezinho, na Zona Oeste de São Saulo e tem uma parede azul com lanternas japonesas. Meu 1/4 de vida, que foi completado recentemente. E também sobre outros quartos, metafóricos ou reais que eu vá encontrando ou inventando ao longo do caminho.

É o meu espaço na web tentando falar do meu espaço no mundo. Espero poder dividir, palavras, histórias, dicas (de séries, lugares e de vida), receitas e mais um bocado de coisa com vocês*.

Bem-vindos ao meu quarto!

* vocês: que, no caso, eu ainda não sei quem eu são mas já considero pacas se tiverem chegado até aqui.